3.3.17

Terapia da floresta reduz estresse e melhora qualidade de vida

Sabe aquela sensação de bem-estar que você tem quando passeia numa floresta?



Pesquisadores da Universidade de Inje, Coreia do Sul, resolveram investigar se a floresta poderia reduzir a pressão sanguínea em pacientes hipertensos. Para isso, selecionaram 56 homens e mulheres idosos com hipertensão e separaram os pacientes em dois grupos: um grupo controle que somente mediria sua pressão durante o estudo e um grupo tratamento, que recebeu terapia da floresta. Qual foi a conclusão do estudo sobre o efeito da terapia da floresta na pressão? 

Nenhum efeito! Uai, você diz, nenhum? Mas e o bem-estar que a gente sente? Bem, o estudo mediu, além da pressão sanguínea, os níveis de cortisol na saliva e a qualidade de vida. Apesar de não ter detectado melhorias em relação à pressão nas oito semanas de tratamento, o nível de cortisol (o hormônio do estresse) caiu significativamente. A percepção de qualidade de vida também mudou positivamente. Então, embora não tenha controlado a pressão sanguínea nas oito semanas do estudo, a terapia da floresta pode auxiliar, concluem os pesquisadores. 

Os resultados parecem interessantes para outros problemas ligados a estresse: depressão, ansiedade, problemas de estômago, problemas de pele, etc. É bom saber que, além da sensação, o bem-estar pode ser detectado em testes clínicos. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não perca nenhum post!

+ acessadas da semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...